quinta-feira, 27 de abril de 2017

"tudo pode ser premissa para a escrita", McKee



"Em 1965, Ingmar Bergman contraiu labirintite, uma infecção viral do ouvido interno que mantém suas vítimas com tontura incessante, até mesmo dormindo. Por semanas, Bergman estava de cama, com sua cabeça em um suporte, tentando evitar a tontura olhando fixamente para um ponto que seu médico pintou no teto, mas cada olhadela fazia com que o quarto girasse como uma ventoinha. Concentrando-se no ponto, começou a imaginar duas faces misturadas. Dias depois, quando se recuperava, olhou pela janela e viu uma enfermeira e um paciente sentados comparando as mãos. Essas imagens, o relacionamento enfermeira/paciente e as faces sobrepostas, foram a gênese da obra-prima de Bergman, PERSONA - QUANDO DUAS MULHERES PECAM."

(Story - Robert McKee)

sábado, 22 de abril de 2017

lembranças de uma viagem



Em 2015 eu fui com alguns amigos para a praia de Tamandaré.

Lembro de ter caminhado de manhãzinha pela praia alguns quilômetros. Talvez três quilômetros ou mais. Sim, eu andei muito uns 7km no total.

No caminho da pousada até onde eu fui (um cais "Antigo Cais" com um navio abandonado), fiquei decepcionada com o que vi. Muito canal desaguando no mar, muito lixo (a água passava pelo lixo e desaguava no mar) e claro, muito urubu. Inclusive isso foi o mais desagradável da minha caminhada pela praia. Os urubus sobrevoavam acima da minha cabeça tentando atacar os cachorros que passavam por mim. Foi horrível.

Uma das coisas que eu gostei muito foram as igrejas. Tinham muitas delas na praia, todas lindas e pequenas (e pareciam abandonadas). Infelizmente eu não tive a oportunidade de tirar foto delas. Não levei nada para caminhar por questão de segurança.

Quando voltei e encontrei meus amigos (alguns acordados, outros ainda na cama), relutei um pouco em entrar na água por conta do que tinha visto mais cedo.

Passamos uns três dias, ou dois, mas acho que já na primeira manhã a gente fez um passeio de lancha (a parte mais divertida da viagem) e fomos até onde tinha uma piscina de corais. Minha câmera não é à prova d'água, então não registrei nada lá também. Mas esse vídeo aqui da viagem (foi só o que pude registrar).

Fiquei bêbada duas vezes lá, é só um detalhe desastroso.
É mais ou menos o que eu lembro da viagem.
Claro que meus amigos tem detalhes sórdidos pra contar o que fiz enquanto estava bêbada, mas vamos esquecer essa parte.

Espero vir mais vezes falar sobre essas pequenas viagens. ;)

segunda-feira, 17 de abril de 2017

desenhos no paint


Eu tenho feito alguns desenhos no Paint. De início eu estava fazendo para incluir alguns adesivos aos meus cadernos e depois acabei por fazer também estampas de cadernos.

Olhando pra essa imagem, me deu vontade de fazer alguns "cards" também. Mas não acho que seja um investimento muito bom. Não conheço muita gente que goste dessas coisas. Mas talvez eu faça cartões postais para incluir na minha coleção.

Vou ver quanto vai sair esse investimento.

Eu, particularmente, tou gostando muito do resultado. Espero que dê tudo certo.

Acho que eu vou fazer um post aqui com alguns cartões postais que eu tenho. Só não tenho mais porque não é muito barato cartão postal (bons e bonitos do jeito que eu gosto), mas tenho a pretensão de aumentar a minha coleção esse ano :)

quarta-feira, 12 de abril de 2017

videoclipes by david dean burkhart IV



Música Pale Blue do álbum The Slideshow Effect do grupo Memoryhouse.
"Hold me under
Pull the covers
Lights on water
Reasons falter
We're not alone."




Música Blinders da banda Geographer no álbum Myth (2012).
E não tem como não reconhecer a atriz Jennifer Connelly (muito conhecida pelo filme Requiem for a Dream). Esse filme, Phenomena (Fenômeno), é um filme italiano de 1985 dirigido por Dario Argento (cineasta, roteirista e produtor). Trata-se de um filme de terror que conta a história de uma menina em um colégio interno que descobre ter poderes e tenta desvendar uma série de assassinatos.



I heard you made your mind up
of faith in odds and gods and talks of terror.
I heard I'm not within you.
No, I am barely witness.
So heat the streets so we can sleep forever.
Now you are your own.
You are whatever you want.
I heard of buildings burning.
I wonder who discerns when

they call it quits and let them all burn down.
The devil is a liar. The devil is desire.
And we're helping him build his lake of fire.
Now you are your own.
You are whatever you want.