sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Por que eu sou contra o aborto?



Eu já escrevi um post sobre isso no outro blog, mas dessa vez eu vou acrescentar algumas coisas.
Vi alguns argumentos de pessoas que são a favor e isso me ajudou ainda mais a ter argumentos contra o aborto. Quero deixar claro que eu não irei utilizar argumentos religiosos!

  • Há várias formas de prevenções e a mais conhecida é a camisinha, e camisinha é distribuída gratuitamente. Outra forma são as pílulas, além da injeção, do adesivo, do diu e um que eu usei que eu não sei o nome mas é super simples e barato que é um tipo de rolha que se introduz na vagina de tempos em tempos, a mulher não sente nada e dá pra fazer sexo com ele dentro. 
  • A maioria das mulheres que engravidam é porque foram negligentes e não porque esses métodos de prevenção não funcionaram ou porque não tinha disponível.
  • Nos países em que o aborto é legalizado é sim algo banalizado. E já é banalizado aqui sem mesmo o aborto ser legalizado. Não é difícil conhecer mulheres que abortaram mais de uma vez, eu conheço.
  • Antes de pensar em legalizar o aborto, levar em consideração que é preciso informar não só sobre a prevenção, mas como também as formas de controle como por exemplo a ligação das trompas, e, no caso dos homens, a vasectomia. Realmente, o Governo deveria incentivar, fazer campanha sobre isso. Já que a maioria das mulheres que fazem o aborto são pobres, não tem condições de criar filhos (financeiras e às vezes psicológicas) e porque já tem filhos. Além do controle da natalidade. Isso aqui não é desumano. Desumano é o aborto ou colocar filho no mundo pra pedir esmola e cheirar cola.
  • Não preveniu e engravidou? Doe. É triste, mas é verdade. As mulheres que querem adotar uma criança preferem bebês. Senão, coloque no orfanato. 

Eu ouvi um argumento dizendo mais ou menos assim:
"Não é justo punir uma pessoa tendo um filho porque ela cometeu um erro uma vez. Condenar uma pessoa a criar uma criança porque ela fez uma noite sem camisinha..."
Inacreditável!

1. ninguém quer punir ou condenar ninguém,
2. existem vários métodos de prevenção e depois ela nem precisa criar o filho, já disse lá que existem mulheres querendo adotar bebês, além dos orfanatos.
3. esse pensamento tira a responsabilidade da mulher. E responsabilidade todo mundo deve ter, independente da idade e da classe social.
4. fez sexo sem caminha numa noite e não tomou a pílula do dia seguinte? E ainda sim essa pessoa deve ser perdoada e tem direito a fazer aborto no SUS.... Fala sério!

Conheci muitas meninas que engravidaram e eram pré-adolescentes ou adolescentes e hoje cuidam do filho. Ou seja, assumiram a responsabilidade com todas as dificuldades. E nenhuma delas é rica. E são contra o aborto!

Já teve uma outra que se negou a tomar a pílula do dia seguinte porque acreditava na própria sorte e descobriu que estava grávida e fez o aborto. Essa pessoa sabia de todas as prevenções e optou por passar pelo caminho mais difícil. E vocês querem tirar a responsabilidade dessa pessoa e entregar pro governo???

"Ah, e a mulher que for estuprada?"
Nesses casos já está previsto por lei que ela tem direito ao aborto se quiser.

Aborto é desumano, é assassinato sim.

Nenhum comentário: