quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Ocupe sua Cidade



Já teve o #ocupeestelita no Recife (que teve repercussão internacional) e agora o #ocupequartel em Olinda. De forma bem resumida a ideia de #ocupe é de pensar um espaço público mais verde, com parques e mais área de lazer para nós, cidadãos e moradores. Além da questão de urbanização. Afinal, um parque verde bem arborizado é muito mais bonito e respirável que um prédio alto. Ponto. Não há dúvidas disso.

Acontece que essas áreas, nunca antes ocupadas, estão entregues; sem ocupação, não servindo para nada. Dando o exemplo do Cais Estelita, uma área de galpões, que tem história e até bonito com os galpões coloridos um ao lado do outro. Bonito mais ordinário - um lugar desocupado há anos, área que só atraía doenças, drogados, violência e que ninguém tinha protestado até uma empresa privada querer fazer algo ali.

A área já é da empresa, então, como qualquer cidadão que compra um terreno, tem todo o direito de construir o que quer que seja. O mesmo acontece com uma área que já foi do quartel e agora já é propriedade da empresa. Já tá decidido. Se a população queria fazer um parque ali, por que não se mobilizou quando estava disponível?

Outra coisa, Olinda tem muitos parques abandonados pela Prefeitura. Sim meu pequeno Padawan, áreas por qual temos direito de ocupar e direito de cobrar manutenção. Esse povo quer parque e eles têm, mas não ocupam e não cobram da Prefeitura a manutenção - mais iluminação, pintura e restauração dos brinquedos, mato crescendo e entre outras coisas. Vamos parar de invejar o espaço do vizinho e prestar atenção na nossa.

Tenho certeza que esse shopping que será construído em Olinda vai beneficiar muitos olindenses. Quem está desempregado vai ter oportunidade (como aconteceu no Shop. Rio Mar). Eu, você e tu que tá protestando - aposto que tu frequenta shopping pra comer, comprar roupa, calçado, pagar as contas (porque no shopping é mais seguro), ficar de bobeira, ver filme, comprar casquinha, encontrar os amigos e etc. Fora que Olinda não tem shopping. Vai contar o Tacaruna? Tacaruna fica mais pra Recife que Olinda rapaz...

* * *

Olinda e Recife (cidades irmãs) tem muita cultura, história e lugares interessantes pra explorar. Tem igrejas, casas tombadas, museus, bibliotecas públicas, ateliês e galerias, parques e muitas outras coisas.

Em Recife tem o Pátio de São Pedro onde tem museus, tem o Espaço Pasárgada que em breve abrirá biblioteca para o público, têm igrejas, tem Mercado São José, tem o Forte Cinco Pontas, Museu da Cidade do Recife e sua biblioteca, tem a Biblioteca Pública e tantas outras coisas que são mais exploradas por turistas do que por nós. Não paga nada pra entrar. E a gente tem que ir mesmo, tem que ocupar. Vocês não gostam de ocupar? Vamos ocupar e cobrar que todos esses espaços estejam bem conservados e abertos para o público. São opções pra você que não gosta de shoppings centers.

Em Olinda temos o Museu de Arte Sacra de Pernambuco e outros museus, a biblioteca pública que precisa urgentemente de uma manutenção e pessoal qualificado (vamos ocupar e protestar), temos igrejas e até ruínas, temos o Alto da Sé, os parques. A praça do Carmo, por exemplo, está abrigando moradores de rua que estão repelindo quem frequenta. Não digo nem os turistas... A única área com teto está cheia de colchões e o pessoal sai de lá pra pedir comida e dinheiro. Vamos fazer algo que beneficie esse pessoal e a nós, frequentadores... Vocês conhecem a Sociedade dos Poetas Vivos? Pois é, temos isso em Olinda e é ali no Carmo mesmo.

Tem tanta coisa, tanta cultura e história pouco exploradas e lugares mal conservados, teatros e cines fechados e vocês vão protestar porque uma empresa comprou um terreno pra construir um shopping que, querendo ou não, vai dar emprego e também lazer. Por que não? Tem parque ali perto, vamos explorar melhor a nossa cidade.

Conheço muita gente que não sabe onde fica a rua da Aurora, que nunca foi para o Espaço Pasárgada, que nunca visitou o teto do Paço Alfândega, que nunca foi pro Mercado São José, que não sabe onde fica o Mercado da Ribeira, o Mercado Eufrásio Barbosa. Que não sabe onde fica o Museu da Cidade do Recife, que não sabe qual é a Ponte Giratória e porque ela tem esse nome... E muitas vezes são as mesmas pessoas que vão pra esses #ocupes, são contra os shoppings, que são contra "o sistema".

Eu sou contra essas áreas não serem exploradas. Eu sou contra essas áreas não serem restauradas e mantidas. Sou contra a falta de verba para as bibliotecas, os museus. Sem museu, sem história. Para uma cidade histórica, museu é fundamental, deveria ser mais valorizado!

Fica aí então o meu apelo!

Nenhum comentário: